Follow

Gustavo Fávaro, 35 anos

As sessões de reorientação profissional que fiz com a Caioá me trouxeram excelentes resultados. Eu me sentia há anos estagnado na carreira e indeciso, sem saber qual rumo seguir. As atividades propostas por ela me fizeram compreender as razões da estagnação e como vencê-lo.

Ficou claro que havia escolhido um projeto profissional conveniente socialmente, mas nada gratificante para pessoas com meu perfil. Pude então enxergar o que realmente me faria feliz e o que precisaria fazer para concretizá-lo.

Também conheci melhor meus potenciais e pontos fracos, a serem trabalhados com cuidado.Em especial, eu me conscientizei de que qualquer escolha será inútil se não for acompanhada de ação concreta e dedicada.

O resultado final foi plenamente satisfatório. Valeu cada centavo.

 

Henrique Lage Hagemann, 16 anos

A orientação foi uma bússola para minha vida que naquele momento era o Oceano Atlântico (de tantas possibilidades). Me ajudou a clarear a mente. Consegui chegar ao resultado esperado de maneira simples e divertida, o que me deixou muito satisfeito.

 

Tânia Santos, 30 anos

Um belo dia resolvi mudar. Quando adolescente nunca pude fazer um processo de orientação vocacional, então, depois de adulta, resolvi que esse deveria ser o primeiro passo para que a mudança acontecesse, de forma planejada, para que eu conseguisse finalmente me sentir realizada com minhas escolhas.

Vasculhei a internet em busca de profissionais que pudessem me ajudar nesse processo e foi aí que encontrei a Caioá. Com currículo sólido, metodologia clara e vários artigos publicados sobre o tema ela me pareceu a pessoa mais indicada para a tarefa.

Marcamos a primeira sessão e confesso que a Caioá frustrou minhas expectativas. Não pensem vocês que isso foi ruim, porque foi essencial. Eu diria que esse foi o momento mágico das sessões. Ela frustrou minhas expectativas porque acreditava que ela me daria as respostas e ao longo das sessões que se seguiram me fez enxergar que seria eu que daria as respostas. A ela caberia apenas conduzir o processo, fazer as perguntas certas. E isso a Caioá fez de forma magistral. Com doçura, cuidado, habilidade e muita competência as perguntas foram feitas e finalmente pude dar respostas que definiriam minha carreira, meu destino e minha realização profissional (que no meu caso está diretamente associada a minha felicidade).

Posso dizer então, para resumir o trabalho feito pela Caioá, que fiz minha escolha, estou encontrando meus caminhos. Mas nunca teria conseguido se ela não tivesse me mostrado as placas indicativas de direção.

 

Matheus Silva Kamimura, 22 anos

A orientação foi para mim uma descoberta. Acredito que no fundo todos temos plena ideia do que queremos, mas a Orientação Vocacional e Proifissional te dá o "empurrão" para alcançar os objetivos necessários para a realização profissional. O desenvolvimento do processo depende do cliente e as técnicas utilizadas proporcionam a melhor e mais precisa focalização da carreira .

 

Thomás Pires, 23 anos

O processo foi importante para determinar escolhas profissionais que eu tinha muitas dúvidas ou sequer imaginava que poderia desenvolver. Me deixou com a mente mais clara e mais objetiva para seguir minha carreira profissional.

 

Fernando Adami, 35 anos

Com meus 35 anos e sem uma graduação, perdi a conta de quanto tempo e dinheiro gastei com guias de carreiras, livros de orientação profissional, testes vocacionais online e cursos universitários que eram trancados após alguns meses de aula. Nesta peregrinação em busca da profissão ideal a insegurança era minha companhia inseparável. Parecia impossível fazer uma escolha que, além do conforto material, estivesse de acordo com meu perfil e me proporcionasse satisfação pessoal. Foi nesta tempestade conflituosa que decidi buscar o amparo de um profissional.
Conheci o trabalho da Caioá através do site “Escolhas e Caminhos” e logo sua formação acadêmica chamou minha atenção. Percebi que ela é especialista em Orientação Vocacional e não uma psicóloga faz-tudo. Foi a partir desta análise que agendei minha Orientação e fui surpreendido a cada sessão.
No passar das semanas descobrimos alguns pontos importantes da minha personalidade que até o momento eram desconhecidos por mim. Por outro lado, outras características eram tão claras que cegavam minha visão e desta forma me impediam de seguir um rumo. Com a ajuda e profissionalismo da Caioá consegui concatenar estas novas ideias e, por fim, fazer uma escolha sólida e satisfatória. Recomendo seu trabalho a qualquer pessoa que queira escolher ou mudar os rumos de sua carreira.

 

Thomás Henrique, 25 anos

O processo foi importante para determinar escolhas profissionais que eu tinha dúvidas ou sequer imaginava que poderia desenvolver. Me deixou com a mente mais clara e objetiva para seguir com segurança minha carreira profissional.

 

Yuri Garcia Pavão, 22 anos

O processo foi fundamental para me nortear sobre o futuro, as minhas escolhas e decisões. Não só para orientar sobre a decisão da carreira, como também em como fazer projeções de vida e descobrir habilidades.

 

Carolina Prado Fernandes, 28 anos

Com o auxílio da Dr. Caioá pude descobrir que não preciso me fixar em um local do qual não gosto, pois existem diversas possibilidades nas áreas que me agradam. Também percebi que tenho inúmeras habilidades que nunca havia notado. Desse modo, estou mais tranquila para seguir o que preciso no momento e também para fazer planos futuros.

 

Fábio Bandeira Melo, 37 anos

Confesso que inicialmente não acreditava que teria o resultado surpreendente que tive. Cheguei ao primeiro encontro com um projeto de mudança para minha vida e achando que esse projeto seria confirmado pela orientadora. Ledo engano... Durante os encontros seguintes, a Caioá soube me mostrar que apesar do desejo de mudança que eu tinha, o projeto que havia vislumbrado não ia de encontro à minha felicidade.

Perceber quais são as minhas habilidades e afinidades me ajudou a traçar um novo caminho e a mudar meu projeto para atingir meu objetivo de vida. Ao final, sai dos encontros com a certeza que eu realmente preciso mudar minha vida profissional, mas de maneira coerente e de acordo com minhas habilidades.

Para mim, esse autoconhecimento foi a mais importante descoberta que tive nos últimos anos e que vai fazer com que eu possa dedicar energia naquilo que realmente trará bons frutos para minha vida.

Agradeço imensamente à orientadora por me proporcionar essa oportunidade.

 

Luisa Gomes Gonçalves, 16 anos

O Processo de Orientação me ajudou a descobrir características até então “ocultas” para mim, além de clarear meus pontos de interesse e noção de cursos e mercado.

 

Giselle Dias, 24 anos

Eu tinha acabado de me formar e de realizar um sonho. Foram cinco anos extremamente exaustivos, mas enfim tinha me tornado uma arquiteta. Foi quando comecei a sentir um vazio muito grande. Sempre tive insucessos profissionais e de certa forma era como se eu me sentisse como um “peixe fora d’água” no mundo corporativo.

Isso começou a me afetar de tal forma que já não aguentava mais trabalhar. Ao invés do dia se transformar em uma oportunidade de aprendizado e alegria se tornou doloroso e lento, de uma forma que as horas não passavam, totalmente insuportável. Assim, eu disse para mim mesma sem vergonha alguma: “Já chega. É hora de pedir ajuda!”. E pedi.

Quando as coisas são para acontecer elas simplesmente acontecem com facilidade. Consegui agendar minha orientação (por sorte) na semana seguinte. Isso que eu já não tinha mais ânimo para nada, não conseguia mais nem planejar o futuro.

Para mim, todo o processo foi muito mais que uma simples orientação profissional. Foi meio de autoconhecimento extremamente valioso. No final, concluímos que realmente não me identifico com o mundo corporativo. Meu negócio era mesmo o mundo acadêmico.

Eu jamais poderia ter decidido isso sozinha porque estava cega. Depois dos atendimentos é que consegui enxergar. Jamais teria a plena certeza que tenho no meu coração agora. Ser feliz é muito mais que ganhar o salário no fim do mês. É honrar aquilo que você é e o que você pode fazer pelo mundo. Sua Vocação! Caioá, muito, mas muito obrigada por me orientar! Serei eternamente grata! Você literalmente salvou a minha vida .

Agradeço imensamente à orientadora por me proporcionar essa oportunidade.

 

Eduardo Antônio Ananias, 30 anos

Nossa trajetória profissional nem sempre é construída de forma linear, com caminhos e etapas bem definidas. Mesmo aqueles que lograram aparente êxito na construção de suas trajetórias podem ser constantemente invadidos por sentimentos de dúvida e pessimismo.

Nesse contexto procurei o auxílio da Dra. Caioá com o intuito de obter maior autoconhecimento sobre meus verdadeiros valores e aptidões e a forma como poderia desenvolver uma rota mais condizente com essas bases sem me distanciar do que havia construído até o momento.

Durante o processo de reorientação tive a oportunidade de aprofundar e desenvolver interesses e habilidades já conhecidos, porém, que nunca haviam sido analisados sob uma ótica de atuação profissional. Além disso, a metodologia aplicada auxiliou na identificação de crenças que bloqueavam meu movimento profissional na direção de interesse.

Agradeço imensamente a Dra. Caioá pelo seu profissionalismo e empatia na condução do processo, não tenho dúvidas de que o trabalho forneceu e consolidou pilares que há muito precisavam ser construídos para obtenção de uma carreira mais satisfatória e feliz. Profissionais que unem simpatia, experiência e formação acadêmica de excelência como a Dra Caioá são raros e por este motivo não conheço profissional mais indicado para conduzir as descobertas e "redescobertas" nessa longa e nem sempre fácil trajetória profissional. .

 

C.P., 28 anos

Após seis anos de faculdade de Medicina, três anos de especialização, muitas noites de estudo para prestar uma prova de título de especialista (com aprovação) e inúmeras horas de consultório e hospital, finalmente decidi desistir da Medicina. Prolongar a carreira médica, que até então era algo que eu havia aprendido a gostar, começou progressivamente a se tornar um sofrimento.

Depois de dez anos só estudando Medicina, me vi perdida, totalmente sem rumo. O que fazer daquele momento em diante? Passar o resto da vida fazendo algo que eu não queria? Ou começar tudo do zero? A angústia foi tomando conta e influenciando negativamente todos os aspectos da minha vida.

Buscando informações sobre outras profissões na internet, já totalmente sem esperanças, encontrei por acaso o site Escolhas e Caminhos e tomei a decisão imediata de tentar. Afinal, mudar de profissão é uma decisão séria e eu sabia que não poderia mergulhar de cabeça sem nem ao menos saber qual rumo tomar. A decisão, que tomei de certo modo impulsivamente, se tornou uma "decisão decisiva".

Ao longo dos encontros, aprendi a separar hobbies de atividades profissionais, sonhos de realidades, o impossível do possível. Aprendi que trabalhar não obrigatoriamente precisa trazer sofrimento intrínseco. Aprendi que é possível sim eu fazer uma escolha pensando somente em mim (sem influências externas) e encontrar um caminho mais adequado.

Depois de todo o processo, me sinto finalmente mais leve e menos angustiada. Sei que tenho um caminho difícil pela frente (pois optei por fazer uma nova faculdade com quatro anos de duração), mas sabendo que foi uma escolha pensada e repensada e que é isso mesmo o que eu quero e o que eu preciso, sei que vou conseguir e que vai valer a pena. Caioá, agradeço imensamente por todo o auxílio. O processo inteiro foi essencial e serei eternamente grata.

 

Renata Hecht Pizzo de Felippe Valente, 18 anos

Enquanto fazia meu application que seria enviado a universidades dos Estados Unidos, me deparei com um problema: escolher o curso. Sempre participei de muitas atividades diferentes e me agradavam as mais diversas matérias escolares. Logo, nunca tive uma única carreira em mente como têm aqueles que desde pequenos sonham em fazer medicina ou em ser engenheiros. Sabendo que poderia mudar o curso durante os primeiros anos de faculdade, optei por (administração), mas resolvi também procurar orientação vocacional para ganhar mais segurança quanto a minha escolha.

Após três dias de consulta com a Dra. Caioá consegui sentir confiança em afirmar que o que quero cursar é economia. Mas o mais importante desses dias de conversas, atividades e escolhas (muitas escolhas) foi o autoconhecimento que desenvolvi. Recentemente em entrevista de um processo seletivo para bolsas de estudo, me perguntaram quem sou eu, o que preciso melhorar, como me vejo profissionalmente daqui a alguns anos e qual é meu maior sonho. Sem o trabalho da Dra. Caioá  eu provavelmente teria ficado calada, tentando, com dificuldade, responder a tais perguntas. Ao invés disso, pude expor com clareza minhas metas, minha personalidade, meus interesses e meus valores. A orientação vocacional que tive está sendo e será de extrema importância, tanto para a minha vida profissional quanto pessoal.

 

Mariana Longo Moraes, 16 anos

Sempre fui uma pessoa muito decidida. Achava que tinha certeza absoluta da profissão a seguir, porém (na maioria das vezes) acabava conhecendo uma nova profissão e mudando de opinião da água pro vinho. Com a proximidade do vestibular, fui tomada por incertezas sem fim. Foi aí que decidi procurar uma Orientação. Com o avanço das sessões, que por sinal adorei, fui refletindo muito. No final do processo não tinha dúvidas da carreira que iria seguir. A Caioá me mostrou que a resposta para a tão instigante pergunta "o que eu vou ser quando crescer?" estava exatamente dentro de mim. As sessões foram aplicações maiêuticas, preconizando Socrátes.

 

Guilherme Freitas Dias, 32 anos

Cansado de vagar pelo mundo profissional sem rumo, aceitando o que viesse pela frente, decidi buscar orientação. Já havia tentado algumas avaliações de perfil profissional, mas sentia muita falta de orientação presencial, cara a cara. Foi esse suporte que senti ao encontrar a Caioá. Encontrei auxílio para perceber coisas que poderiam parecer óbvias, mas que só "vi" depois de uma boa conversa. Por exemplo, quando me perguntou porque tinha escolhido minha graduação comecei a perceber como faço minhas escolhas e como gostaria de fazê-las. Sou muito grato pelo apoio neste momento tão importante da minha vida!

 

Pamela Volponi, 32 anos

Quando procurei este processo de orientação imaginei que ao final teria uma resposta direta do tipo "sua vocação é ser tal coisa" e que sairia já ingressando em um curso específico para minha nova carreira. Porém, não foi isso que aconteceu.

A cada sessão finalizada eu saia com a sensação de que nada estava me agradando, voltava para casa chateada, mas ao mesmo tempo fazendo uma autoanálise muito grande de todas as coisas que realmente eram importantes para mim e as que não me agradavam. Essa autoanálise só foi possível devido ao trabalho da Caioá. Sem as técnicas aplicadas por ela eu não teria conseguido sozinha.

No fundo eu já sabia o que queria, mas haviam muitos bloqueios e limitações na minha cabeça. Ao final do processo não foi dito "siga tal coisa", mas conseguimos desconstruir muitas crenças que limitavam meus potenciais e consequentemente minha felicidade com relação a vida profissional.

Conseguimos desbloquear meus verdadeiros talentos e aptidões, descobrir tudo aquilo que ão me faria bem exercer. Me proporcionou muita autoconfiança para tomar decisões necessárias. Essa confiança em meus potenciais me deu coragem para enfrentar qualquer resistência. Sou muito grata.

 

Helga Monteiro Ventura, 40 anos

Iniciei o processo de orientação vocacional com a Caioá porque queria confirmar, ou não, minha real aptidão pelo que faço atualmente (sou jornalista). Não porque não gostasse do que fazia, mas porque ao longo dos anos fui me identificando com outras áreas que na verdade já me tocavam no passado e o caminho pareceu não ser mais tão reto. Surgiram estradinhas alternativas e fiquei curiosa em saber se valia a pena sair da rota (só um pouquinho) e vasculhar o que essas possibilidades poderiam me trazer.

Comentei com a Caioá que estava numa zona de conforto e com a sensação de que fazia as coisas no piloto automático, sem desgostar, mas também sem sentir as tais borboletas na barriga. O processo começou e qual foi a minha surpresa quando me deparei com uma análise da minha história de vida e das minhas crenças. Surpresa porque foi difícil traduzir para mim mesma algumas crenças a partir de questões que a Caioá me propôs. Tão fácil escrever sobre a história dos outros e tão difícil arrancar a minha.

Saí com sementes que rego diariamente. São definições do que é realmente importante para mim. E a partir dessas diretrizes tomo minhas decisões. Simples assim. Ah! O Jornalismo foi uma escolha certa para o meu perfil... mas não a única. Sei disso e me sinto confortável com essa conclusão. Outra melhor ainda foi descobrir que não preciso adiar a vontade de descobrir desdobramentos dentro da minha profissão ou outros caminhos agora mesmo. Em passos pequenos, sem ter que jogar a toalha.

Aconselho o processo para qualquer pessoa que também espera encontrar suas borboletas por aí. Porque elas existem.

 

Ana Paula Molina Barrancos, 21 anos

O processo representou para mim um meio de me conhecer melhor. Com a orientação entendi quais são meus interesses e metas.

 

Cecília Crespi, 17 anos

A orientação representou uma jornada de autoconhecimento e reflexão sobre valores. Significou, também, a confirmação do meu sonho e que vale a pena segui-lo.

 

Isabela Barros Besen , 17 anos

Consegui entender quais são minhas prioridades e o que preciso fazer para melhorar mesmo no que não considero prioridade. Me ajudou a pensar mais nas opções mais acertadas para mim.

 

Danilo Ferreira Fernandes, 29 anos

Há alguns anos eu vinha me questionando quanto as minhas escolhas profissionais. Ultimamente não me sentia satisfeito na atual profissão, estava me sentindo incomodado por não ter encontrado o que gosto de fazer e, consequentemente, não estar direcionado a uma carreira profissional nos próximos anos.

Eu vinha procurando alguns cursos para que eu pudesse mudar minha área de atuação, porém, nunca me senti confiante o suficiente para fazer um investimento em Pós-graduação ou MBA, pois, estava completamente perdido. Foi então que resolvi buscar a ajuda de um profissional. 

Após algumas pesquisas, decidi por fazer a reorientação profissional com a Caioá, por considerar ser o melhor custo benefício dentre os profissionais pesquisados. Outro ponto importante foi que a Caioá foi a única que se dispôs a conversar comigo por telefone e apresentar sua metodologia de trabalho.

Através da reorientação profissional, aprendi a me conhecer melhor, reconhecer minhas principais características (tanto positivas quanto negativas) e consegui alinhar meus objetivos profissionais com meus valores pessoais, o que considero de extrema importância.

Considero a metodologia utilizada muito interessante! Primeiramente, a Caioá procurou conhecer um pouco sobre minha história de vida e quais valores considero importantes. Depois, através de alguns trabalhos e questionários, ela conseguiu identificar meu perfil profissional. Após identificar meus valores pessoais e meu perfil profissional, começamos a pesquisar profissões nas quais eu conseguisse conciliar tanto objetivos profissionais quanto pessoais.

Aprendi que dificilmente conseguirei ter 100% de satisfação na carreira e na vida pessoal ao mesmo tempo. Que em certos momentos terei que ceder em ambos os lados para poder encontrar um equilíbrio. Para finalizar, hoje me sinto muito mais seguro quanto a área que devo seguir e estudar para poder alcançar meus objetivos nesse momento. A orientação representou um sentido na minha vida profissional, um objetivo. Ajudou a me conhecer melhor e a planejar meu futuro.

 

Murielle Nalli, 18 anos

A orientação me ajudou a perceber melhor o que eu quero, quais foram  minhas escolhas de vida e pensar em como vou querer estar no futuro.

 

Gustavo Sampaio Moreira de Souza Grell, 15 anos

O processo de Orientação Vocacional e Profissional representou um exercício de autoconhecimento e auxílio nas escolhas para definir minha futura profissão.

 

Livia Naliato, 17 anos

O processo me deixou muito mais segura em relação a minha escolha profissional e me deu muitas informações sobre o curso que eu escolhi.

 

Julia Sala Santos, 15 anos

A Orientação me ajudou muito! Saí da última sessão super feliz por ter dado uma “clareada” no meu futuro e nos objetivos profissionais. Antes de passar por este processo estava completamente perdida, sem perspectiva nenhuma. Serei eternamente grata pela oportunidade!

 

André Laffitte Farina, 16 anos

Busquei orientação profissional com a Caioá Lemos por indicação de um amigo e pelo desejo de conhecer meus talentos para o mercado de trabalho. Em nossas reuniões, acabei por me descobrir melhor e esclarecer quem sou de verdade, quais minhas características principais e o que mais valorizo. O trabalho realizado me ajudou muito a encontrar uma carreira que satisfizesse todos os meus anseios, tanto profissionalmente, quanto financeiramente. Além disso, me deu apoio para decidir qual instituição cursar, me mostrou grades curriculares e disponibilizou material para suporte. Hoje estou confiante de minha decisão.

 

Rodrigo Bonadio, 18 anos

A Orientação foi de extrema importância, pois no final do processo saí com uma visão muito clara do que desejo para o futuro. Antes das sessões não enxergava sentido na vida por estar muito confuso e insatisfeito com o curso que fazia (Administração de Empresas), depois do trabalho realizado vejo um futuro muito mais claro e satisfatório para mim.

Estou muito motivado e empenhado para batalhar pelas minhas metas profissionais e pessoais.

 

R.L.V., 29 anos

A Orientação Profissional e de Carreira foi uma nova forma de encarar as diversas opções que estão diante de mim, sabendo que só poderei decidir pelo “gostar” após o “experimentar”. O processo foi fundamental para revelar aspectos sobre minhas vocações que até então desconhecia ou tinha dúvidas. Saio mais confiante e otimista para me aventurar em novas opções de carreira. 

 

Daniel Paiva de Domenico, 17 anos

A Orientação Profissional representou uma reflexão para chegar a uma conclusão mais sólida e madura sobre o meu futuro.

 

Marina Balestrin Nunes, 19 anos

A Orientação me ajudou a enxergar mais claramente, não só meu futuro, mas minha personalidade e minhas habilidades.

 

Nadja Elora Choueri e Prado, 21 anos

A Orientação foi uma mega ajuda e muito autoconhecimento! Me auxiliou bastante a entender sobre as coisas que gosto e não gosto e como conciliar isso na minha escolha profissional e no meu dia a dia.

 

Paulo Henrique de Carvalho, 30 anos

Estando insatisfeito com os rumos do meu atual trabalho e inseguro acerca dos meus projetos para o emprego futuro, busquei orientação profissional. Ao longo dos encontros, tive bons estímulos para construir autoconhecimento e reflexão acerca das prioridades na minha vida. Os caminhos da vida são árduos e as escolhas não são fáceis. Porém, ao saber melhor quem sou e o que mais valorizo, ficou mais simples descobrir o que quero. Escolhas e Caminhos ajudou-me bastante em todo esse complexo processo.

 

Lícia Fernandes Jucá , 28 anos

Este processo me fez enxergar as áreas em que tenho afinidade profissional e ver que há possibilidades de mudança sem ter que perder tempo. Consegui perceber que a transição profissional pode ser mais simples, rápida e fácil do que parece. Pude traçar metas de curto e médio prazo para alcançar a satisfação profissional.

 

Maurício Polycarpo, 54 anos

Achei a Orientação Profissional e de Carreira fundamental, pois me ajudou muito a identificar de maneira prática e precisa meus interesses e habilidades, relacionando tudo isso com as profissões existentes, o que não conseguia fazer sozinho. Clareou demais meu futuro. A Caioá é muito gente boa. Só tenho a dizer que foi 10!.

 

Nathalia Valadares, 30 anos

Todo o trabalho conduzido pela Caioá me ajudou a fazer um grande mapeamento das minhas qualidades e preferências profissionais. Além disso, os encontros, exercícios e dinâmicas me conduziram a um entendimento de quais mudanças e conhecimentos preciso buscar para conquistar os meus objetivos profissionais. Fiquei muito satisfeita com a possibilidade de repensar meu futuro com clareza e objetividade, sem perder de vista minha essência.

 

Aline Libório, 17 anos

A orientação vocacional me abriu novos caminhos e ajudou a escolher minha profissão por aquilo que gosto de fazer. Mandou embora a indecisão. Só tenho a agradecer a Dra. Caioá pela ajuda, nunca me esquecerei do quanto as sessões foram importantes para eu continuar seguindo essa jornada e alcançar meus objetivos.

 

Leonardo Vendramini D'Ângelo, 17 anos

O Processo de Orientação Vocacional e Profissional influenciou muito na minha vida. Me ajudou a encontrar a profissão que eu realmente quero realizar. Me deu direções que eu posso seguir na vida para alcançar meus objetivos futuros, a fim de que tenha uma vida excelente, de acordo com meus desejos e satisfeito profissionalmente. Foi um processo incrível.

 

Letícia Pereira Lima, 17 anos

O Processo de Orientação Vocacional e Profissional foi um momento de descoberta para mim. Saio hoje mais segura e me entendendo mais. Percebi que precisava me conhecer, entender meus princípios de vida para depois escolher minha profissão. Os recursos usados são sensacionais e te fazem refletir muito.

 

A. B. S, 33 anos

Passar por esse processo de reorientação profissional foi muito bom para mim,  pois tive a oportunidade de me conhecer melhor, passando por atividades que fizeram bastante sentido. Quando comecei estava muito angustiada. Depois de todo o processo, sinto que tirei um peso das costas e posso projetar meus planos futuros com maior segurança e tranquilidade.

 

C. M. G, 38 anos

Já na primeira sessão, me deparei com minha expectativa de futuro, onde fiquei chocado, pois tenho apego emocional à empresa que presto serviço há anos, e esta não fazia parte do meu futuro. Consegui me conhecer melhor, saber do que gosto e minhas habilidades, tendo mais segurança para tomar decisões e planejar o futuro. "Se você não tomar decisões, as pessoas, o sistema, tomarão por você". Tracei objetivos, que através de planejamento e trabalho alcançarei.

 

Juliana Ferreira Z. Garcia, 38 anos

Com o processo de reorientação pude me conhecer melhor, perceber minhas habilidades, meus gostos; entender melhor o que procuro para minha vida profissional, o que realmente quero para meu futuro e conseguir ser mais segura em relação aos meus objetivos e capacidades. Enfim, consigo agora vislumbrar um futuro mais positivo e motivador.

 

Camila Toth Gonçalves, 30 anos

O processo de Reorientação de Vida e Carreira me abriu possibilidades que outrora eu sequer vislumbrava. Descobri o que procuro na minha vida profissional e o que espero da minha vida pessoal no presente e no futuro, preservando minha autonomia acima de tudo, para escolher o caminho a ser seguido. Todas as atividades foram muito bem elaboradas e acima de tudo, esclarecedoras.

 

Fernando Parede, 28 anos

Passar pelo processo de Orientação Profissional foi ótimo para meu autoconhecimento. As atividades me proporcionaram melhor entendimento sobre os tipos, rotinas e ambientes de trabalho que mais têm a ver comigo e me fazem bem. Assim, constatei que acertei na escolha da profissão, mas que por outros motivos estava no emprego errado. Era o emprego, não a profissão, que deveria mudar! Terminei o processo empenhado e encorajado a estabelecer as mudanças necessárias para conquistar meus objetivos profissionais.

  

 

Douglas Moraes, 28 anos

Em toda minha vida sempre fui inseguro a respeito do meu futuro, segui caminhos e fiz escolhas sem nunca ter recebido uma orientação vocacional e sempre aceitei propostas por necessidade financeira e nunca por uma realização pessoal, pois eu mesmo não sabia onde queria chegar e nem o que queria pra mim. Tenho 27 anos, sou formado em administração e já atuei em vários departamentos administrativos de várias empresas, mas nunca fui realizado com o que já fiz e nem com o que faço hoje.

Com grandes mudanças acontecendo em minha vida decidi, então, procurar um profissional sério e especializado para juntos identificarmos meu perfil pessoal e profissional. Foi aí que encontrei a Dra. Caioá. Recomendo este processo de orientação vocacional a todas as pessoas que se sintam inseguras no futuro profissional e até mesmo para as pessoas que saibam o caminho a seguir, para adquirir autoconhecimento e para saber tomar decisões na carreira de um modo mais confortável. A Dra. Caioá é uma excelente profissional, desde o primeiro contato até o ultimo, não se restringindo somente às consultas, tirando dúvidas entre elas de forma muito prestativa, atenciosa e acolhedora.

 

André Monteiro, 24 anos

Em um momento de grande descontentamento e questionamentos de minha situação profissional e acadêmica, fiz uma pesquisa em busca de profissionais que pudessem me orientar e direcionar nesses pontos. Foi então que conheci o trabalho da Dra. Caioá Lemos, que ao meu ver se destacou de meus demais contatos principalmente pela atenção despendida desde a nossa primeira conversa. Hoje, após concluir as consultas, sinto-me seguro e confiante nos caminhos que encontramos, o que certamente se deu pelo pleno interesse da Dra. em me entender e auxiliar, algo que será mais que fundamental daqui pra frente. Pelo sucesso de seu trabalho e pelas expectativas que levantamos sobre meu futuro, deixo aqui meu obrigado! Grande abraço.

 

Marcus de Godoy Moreira, 22 anos

Cheguei a Orientação Vocacional e Profissional meio desacreditado no meu futuro, não sabia o que gostava de fazer e estava insatisfeito com minha faculdade e vida profissional. Tinha medo do futuro. Após a segunda sessão descobri possibilidades e coisas interessantes que poderia fazer profissionalmente. Vi que com ajuda de pessoas experientes é possível encontrar solução. A OVP me ajudou a clarear o caminho, definir foco e objetivo e direcionou meu futuro.

 

Vinícius Rinaldi, 20 anos

Quando comecei o  processo de reorientação estava muito indeciso sobre mudar ou não de carreira. Estava cursando o 2º. Ano do curso de Sistemas de Informação e estava bastante desmotivado, mas não sabia que outra profissão escolher, pensava em mudar para alguma profissão da área da saúde, por causa da minha preferência pela área de biológicas, mas não tinha certeza de nada. O processo de reorientação me ajudou a pensar sobre as coisas que são importantes para mim e sobre meus objetivos de vida, o que me ajudou a escolher a carreira de medicina. Ao descobrir minha futura carreira, descobri também uma paixão, tenho certeza do que quero fazer e nunca desistirei de Medicina. Sou muito grato à orientadora Caioá pela sua grande ajuda.

 

Leonardo Hiraiwa, 19 anos

O processo de OVP foi importante, pois a partir da autoanálise encontrei um propósito e um caminho profissional que fizesse mais sentido com minha personalidade e meus anseios.

 

Pedro Augusto S. da Cunha, 18 anos

Quando iniciei a orientação, me sentia perdido, mas após as sessões consegui obter uma clara visão de futuro.

 

Fabrízio Boer da Silva, 17 anos

O processo de Orientação Vocacional e Profissional trouxe foco, direcionamento, perspectiva e realidade. Ajudou na organização e nas minhas escolhas. Estou mais seguro do caminho a seguir.

 

Thais Campagneli Besso

Eu estava em dúvida e sem uma ideia de qual profissão deveria escolher. Com a Orientação Vocacional e Profissional eu fui capaz de ter mais segurança na escolha e principalmente enxergar um futuro com essa decisão.

 

 

Ana Luiza

Foi ótimo o processo de Orientação Vocacional e Profissional; gostei muito do trabalho aplicado e de todas as atividades feitas. Fez com que eu abrisse os olhos para muitas profissões, me ajudando a identificar qual delas seria a melhor para meu perfil.

 


Lucas Kazumi

A orientação vocacional da Dra Caioá foi de grande ajuda para a escolha da minha futura ocupação profissional. Ainda curso o Ensino Médio, mas nesse ano de 2014 concluirei o 3º ano e ainda não tinha certeza de qual curso iria cursar na faculdade. Sempre quis cursar Ciências Biológicas, mas minha família queria que eu cursasse Ciências Contábeis e eu estava disposto a cursar um dos dois cursos, mas no meio dessa dúvida entre os cursos, me indicaram o trabalho da Dra. Caioá, que com seus métodos de autoconhecimento e escolha por eliminação de cursos, fazendo conhecermos e pesquisamos cada curso que nos interessar, me fez enxergar que nenhum desses dois cursos tinham a ver comigo. Então descobrimos um curso que abrange todas as minhas áreas de habilidades e meus interesses profissionais, o curso de Biossistemas e Biotecnologia. Estou feliz com minha escolha e sei que serei um bom profissional em minha área. Recomendo o trabalho de orientação vocacional da Dra. Caioá, os métodos usados são ótimos e a orientadora é muito simpática tornando o trabalho mais proveitoso e menos cansativo.

 

 

Matheus Ogliari

A orientação profissional me ajudou de grande maneira não só na escolha da minha profissão, mas na minha vida como um todo. Após o Ensino Médio não sabia que profissão deveria seguir. Durante o Ensino Médio, eu tinha a ideia de fazer engenharia, mas na metade do terceiro ano percebi que não queria aquela profissão, o que me gerou uma grande angústia. Após um ano, com incentivo dos meus pais, procurei orientação profissional e encontrei a Caioa na pesquisa que fiz sobre o tema. Eu tinha muitas inseguranças a respeito do meu futuro, porém ao longo do processo de orientação, pude conhecer mais a fundo sobre as profissões e através do maior autoconhecimento adquirido, aliado às informações sobre profissões, percebi que o que eu queria era Administração de Empresas.

O ponto fundamental do processo, é que ele não é feito com base em uma prova de múltipla escolha que depois é avaliada e um resultado é gerado com base em um algorítimo, mas ele é feito para que a própria pessoa tome suas decisões. Senti-me muito mais seguro e depois do processo, entrei em Administração pela USP e concluí o curso recentemente. Posso dizer que a orientação vocacional foi a melhor escolha que eu fiz naquele período e permitiu que eu tivesse uma segurança muito maior a respeito da minha futura profissão. Atualmente trabalho em um banco de investimentos e posso dizer que sou muito feliz com meu emprego e também fui feliz durante a faculdade. Recomendo fortemente que as pessoas que sentem dúvidas e/ou estão inseguras realizem orientação vocacional para que possam sentir-se mais seguras sobre a decisão de carreira que estão tomando.

 


Denise Silva

Fiquei muito feliz e satisfeita com o trabalho de Orientação vocacional que A Dra. Caioá Lemos realizou com meu filho.
Aplicou diferentes métodos para identificar o perfil e o potencial dele e em momento algum o forçou a fazer uma escolha, mas o fez pensar e enxergar as opções que tinham a ver com ele. As sessões trataram também o autoconhecimento e isto resultou na escolha da profissão. A Dra Caioá alem de excelente profissional é muito focada. 
Tenho certeza que meu filho será um profissional feliz e realizado e que ganhamos uma nova amiga!

 

 

Plínio Carpigiani

A Orientação Profissional fez muito sentido para mim, foi fundamental para eu tirar minhas angústias e ansiedades, próprias desse momento de escolha e garantir uma certeza ao longo do tempo. Foi um processo muito importante para o meu desenvolvimento.